CNC lança publicação sobre seminário de Políticas Ambientais

[Por CNC, 27/03/2012]
O Sistema CNC-SESC-SENAC está investindo fortemente na formação e qualificação de profissionais para trabalhar durante a Copa do Mundo nas capitais que serão sede e subsede do evento. Dentro dessa filosofia, serão oferecidas 80 mil vagas em cursos em diversas áreas, 47 mil das quais já estão disponíveis, revelou o vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, Gil Siuffo, durante a solenidade de lançamento, nesta terça-feira (27/3), da publicação “Anais do Seminário Políticas Ambientais para a Sustentabilidade na Copa do Mundo”, realizado em agosto de 2011 na Estância Ecológica SESC Pantanal.
Os dados já foram transmitidos ao ministro do Turismo, Gastão Vieira, acrescentou Siuffo, na abertura do evento, que teve a participação de deputados, senadores, representantes do Executivo, dirigentes da CNC e do embaixador da Bélgica, Claude Misson. Segundo o vice-presidente, com o objetivo de contribuir com as demandas geradas pela Copa 2014, o Senac estruturou um programa nacional de educação profissional que, entre outras metas, ofereceu nos últimos oito anos 1 milhão de oportunidades, entre matrículas e atendimentos, à sociedade brasileira.
Ele falou ainda sobre a preocupação do Sistema Comércio com a sustentabilidade. “No Pantanal, temos a maior Reserva Particular do Patrimônio Natural do Brasil, onde integramos a temática ambiental aos programas e atividades do SESC, entre elas o turismo social.”
O presidente da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado Federal, Benedito de Lira, elogiou a atuação das entidades do Sistema Comércio. “Outras organizações deveriam seguir o exemplo das iniciativas do SESC e do Senac na área de turismo social e, o que também é fundamental, na educação de jovens, que ganham oportunidades na vida depois de se qualificarem”, enfatizou o senador.
O deputado José Rocha, presidente da Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados, também destacou a preocupação do Sistema Comércio na preparação de profissionais para atuar na recepção de turistas durante a Copa. Ele também falou sobre os desafios que terá à frente da Comissão.
Estiveram presentes também as senadoras Vanessa Grazziotin (PC do B/AM) e Lídice da Mata (PSB/BA), presidente da Subcomissão Temporária da Copa 2014, e os deputados Afonso Hamm (PP/RS), Carlaile Pedrosa (PSDB/MG), Otávio Leite (PSDV/RJ), Laércio Oliveira (PR /SE), que também é vice-presidente da CNC, Valadares Filho (PSB/SE), Francisco Escórcio (PMDB/MA) e Renan Filho (PMDB/AL), presidente da Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 2.330, de 2011, do Poder Executivo, que “dispõe sobre as medidas relativas à Copa das Confederações FIFA de 2013 e à Copa do Mundo FIFA de 2014”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *