Balança do turismo e a competitividade no Brasil

[Por Jeanine Pires, 23/03/2012]
Os dados do Banco Central revelaram hoje que os gastos de brasileiros no exterior no mês de fevereiro aumentaram mais de 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Em contrapartida, o total gasto por turistas estrangeiros no Brasil apresentou um aumento de 7,87% no mesmo período. Podemos perceber que o crescimento dos gastos de brasileiros segue em 2012 a mesma tendência do ano passado, sendo muito maior do que a taxa de crescimento dos gastos de estrangeiros no Brasil.
A taxa de crescimento dos gastos de estrangeiros no Brasil é mesmo menor do que as divisas que deixamos em outros países, mas apesar de menor, essa taxa de crescimento é recorde e chegou a bater os 9% comparando os dois primeiros meses deste ano e o mesmo período do mês passado. Não importa se estamos gastando mais em outros países o que mais importa nesses números é que o Brasil está conseguindo fazer com que os estrangeiros gastem mais aqui no Brasil deixando mais divisas. Esse crescimento tem sido positivo, mas o Brasil precisa ser mais competitivo para que esse número possa crescer cada vez mais.
Competitividade é a palavra-chave, isso sim importa para que essa diferença na nossa balança possa diminuir cada vez mais. Nossa tarefa é fazer com que os estrangeiros gastem mais aqui, e para isso precisamos de preços e serviços mais competitivos. Competitividade está ligada à qualificação de todos os serviços públicos e privados como forma de enfrentar a variação cambial e ao mesmo tempo garantir uma experiência diferenciada aos estrangeiros que nos visitam.
Na década dos eventos esportivos, nossa “agressividade” de promoção e o trabalho após a realização dos grandes eventos é elemento chave para a conquista da competitividade a médio e longo prazos.
Números:
De acordo com a Nota do Setor Externo, divulgada hoje (23) pelo Banco Central, os gastos de brasileiros no exterior durante o mês passado somaram US$ 1,746 bilhão, contra US$ 1,333 bilhão verificados em igual mês do ano passado.
Na comparação entre fevereiro e janeiro de 2012, houve recuo de 12,53%. No primeiro mês do ano, os brasileiros deixaram US$ 1,996 bilhão fora do País.
Em todo o ano de 2011, os brasileiros deixaram no exterior US$ 21,234 bilhões. No primeiro bimestre de 2012, o total acumulado nas despesas dos brasileiros em outros países é de R$ 3,742 bilhões.
Já com os gastos dos turistas estrangeiros no Brasil, houve alta de 7,87% entre fevereiro de 2011 e 2012. No segundo mês do ano passado, os estrangeiros gastaram US$ 572 milhões no País, enquanto que, em igual período deste ano, o total foi de US$ 617 milhões.
Já na comparação entre fevereiro e janeiro deste ano, quando foram gastos US$ 661 milhões, houve queda de 6,66%.
O total de despesas dos estrangeiros ao longo do ano passado foi de US$ 6,775 bilhões, enquanto que neste ano o montante já acumula cifras na casa de US$ 1,278 bilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *