Abav-PR: Feira e mostra de regiões divulgam potencial do PR

[Por Hôtelier News, 02/03/2012]
Evento representativo principalmente para a região Sul do Brasil, o Salão Paranaense busca, ano a ano, divulgar o pontecial turístico do Estado, além de reunir agentes de viagem, fornecedores e estudantes e promover capacitações em diferentes áreas. Nesta edição, o mote repete-se. Como em outros anos, em paralelo à feira, a secretaria de Turismo do Estado promove a 8ª Mostra das Regiões Turísticas do Paraná. Ali, são mostradas as atrações dos destinos dentro do Estado, buscando exatamente expor a diversidade oferecida aos visitantes.
Presente da cerimônia de abertura, Juliana Vosnika, presidente do Instituto Municipal de Turismo de Curitiba, ressaltou as mudanças pelas quais a cidade está passando. A capital paranaense registrou, nos últimos anos, bons números. De acordo com a presidente, em 2011, 3,6 milhões de visitantes passaram pela cidade que, de 2009 para cá, teve um crescimento de 16% no setor de Turismo.
Além disso, o gasto diário de quem visita Curitiba aumentou 20% no ano passado. “O IBGE [Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística] divulgou esta semana uma pesquisa que mostrou que nossa cidade já é a segunda em proporção de hotéis. Isso mostra que a hotelaria curitibana está muito bem”, frisou.
Ela ainda destacou algumas ações pontuais que estão sendo desenvolvidas durante este ano, como a inauguração do CAT (Centro de Atendimento ao Turista) na rua 24 Horas – ponto turístico bastante conhecido da cidade. Uma segunda unidade será inaugurada até o fim do mês no Mercado Municipal, possibilitando que os visitantes obtenham informações e adquiram passeios onde estiverem. Juliana destacou ainda o roteiro Curta Curitiba a Pé, lançado agora pelo instituto.
O salão é do Estado
Faisal Saleh, secretário de Estado do Turismo do Paraná, aproveitou a cerimônia de abertura para afirmar que o Salão Paranaense não pertence somente para a Abav-PR, mas que beneficia o Estado todo. “É um evento que traz nossas melhores virtudes turísticas”, ressaltou. Ele afirmou ainda que o trabalho de divulgação do Paraná não pode se limitar somente aos três destinos indutores indicados pelo Ministério do Turismo – Curitiba, Foz do Iguaçu e Paranaguá -, mas que eles são uma alavanca para mostrar as potencialidades de todo o Estado.
Parceria internacional
Convidada para a abertura da feira, Liz Cramer, ministra do Turismo do Paraguai, afirmou que o evento é bastante proveitoso também para o País. “O Paraná é nosso mercado prioritário, nossos esforços são concentrados em nossos vizinhos”, disse.
Durante o evento, agentes paraguaios têm a oportunidade de conhecer os fornecedores paranaenses e o intercâmbio de informações é facilitado. “Somos vizinhos mas não nos conhecemos. Os brasileiros veem à fronteira e os paraguaios, as praias e as Cataratas”, justificou.
O 18º Salão Paranaense acontece entre hoje (2) e amanhã (3) no Expo Unimed, em Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *