2 thoughts on “Profissionais em evidência”

  1. Eu, não sou formado em turismo, mas trabalho com turismo a quase 20 anos.
    Nesse período, li muito sobre turismo, falei sobre turismo, conduzi muitos turistas Participei de vários eventos tais como Salão do Turismo, feiras, cursos das normas ABNT para o turismo de aventura. Ministrei e ministro vários cursos de orientação e sobrevivência em áreas inóspitas com busca e salvamento aquático para capacitação de condutores de vários municípios com produtos formatados. Tive que aprender a lidar com a fauna e flora dos três biomas do meu estado. Desenvolvi varias trilhas dentro das normas da ABNT. Neste período capacitamos vários condutores nas normativas da ABNT. Fiz vários cursos de turismo de aventura e eco-turismo. Tornei instrutor e consultor de turismo do SEBRAE, e presto consultoria para o SEDTUR/MT. Desenvolvemos o Turismo Tecnológico em Mato Grosso e criamos a Metodologia das 7 Etapas. As quais têm trabalhado em vários municípios (MT e GO)
    Nisto tudo eu, tirei como experiência: COMPROMETIMENTO.
    Em resumo vamos quebrar essa barreira preconceituosa.
    Vamos valorizar esses profissionais diplomados ou não, que anonimamente fizeram e fazem muito pelo turismo no Brasil
    .

    1. Como turismóloga fico grata pelo comprometimento e o esforço de se capacitar e praticar um turismo consciente e não de qualquer forma . Mas, infelizmente são poucos esses profissionais não diplomados que conseguem captar a importância que de se fazer um turismo de qualidade , não só focar em lucro e sim pensar no turismo de uma forma sustentável,um turismo em que se absorve muito ,mas,diminuindo ao máximo seus efeitos negativos e sabemos que o graduado em turismo desenvolve essa consciência ao longo de sua formação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *