Carnaval de São Paulo tem investimento de R$ 48,3 mi

[Por Panrotas, 22/02/2012]
A São Paulo Turismo (SP Turis) lançou a segunda edição do Censo do Samba. A publicação, de 130 páginas, mapeia a presença e a inserção social das escolas de samba e blocos na capital, quantifica os investimentos para montagem do espetáculo e os postos de trabalhos gerados por conta do evento.
O total utilizado na montagem do espetáculo das 78 escolas de samba e blocos da Liga das Escolas de Samba de São Paulo, sem considerar os investimentos em infraestrutura, chegaram a R$ 48,3 milhões, sendo que a média de investimento de escola do grupo especial foi de R$ 2,5 milhões. No ano passado, o índice foi de R$ 36,8 milhões.
Os postos de trabalhos gerados pelas atividades relacionadas ao carnaval foram de 5,4 mil. O Censo apontou a carência de profissionais de algumas funções como confecção de fantasias adereços e acabamento de alegorias.
“Com este lançamento damos continuidade aos estudos sobre a ampliturde e importância do carnava em nossa cidade, de modo a contribuir com o desenvolvimento da indústria do samba, como espetáculo artístico, cultural e produto turístico de São Paulo”, explica o presidente da SP Turis, Marcelo Rehder.
O livro está na íntegra no site www.observatoriodoturismo.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *