Brasil vai endurecer as exigências para a entrada de turistas espanhóis

[Por Business Travel, 13/02/2012]
Decisão tomada pelo governo brasileiro dentro do alegado “princípio de reciprocidade” de que pratica, vai endurecer a entrada de visitantes espanhóis no País a partir do próximo dia 2 de abril. A medida já foi notificada às repartições diplomáticas do Brasil na Espanha e às autoridades daquele País. As novas medidas permitirão que a Polícia Federal, encarregada do controle migratório nos pontos de entrada, solicite ao viajante espanhol a comprovação de passagem de volta e de recursos equivalentes a R$ 170 por dia, para sua subsistência no Brasil no período estabelecido para sua permanência no País. Em caso de comprovação através de cartão de crédito, o titular deverá apresentar sua última fatura, que especifique seu limite de crédito.
O turista espanhol também deverá comprovar uma reserva de hotel e no caso de hospedagem em residência particular, uma carta-convite do responsável pela residência no destino da viagem, informando o prazo de estadia do visitante. A carta deverá ser registrada em cartório brasileiro e acompanhada de um comprovante de residência emitido em nome do declarante. Os espanhóis deverão portar um passaporte com validade mínima de seis meses para entrar no Brasil. Em geral, estas são as exigências feitas pelas autoridades migratórias espanholas aos visitantes brasileiros e que têm provocado um alto número de negativas de entrada naquele país (cerca de 1.600 brasileiros por ano) e queixas de maus tratos nos aeroportos da Espanha. As novas medidas não se aplicam a nenhum outro país do Espaço Schengen (União Européia).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *