Novos projetos para o turismo de Santos

[Por Brasilturis, 30/01/2012]
Hoje foi um dia importante e histórico para a cidade de Santos. Os ministro do Turismo, Gastão Vieira, do Esporte, Aldo Rebelo, e dos Portos, José Leônidas, ao lado de outras autoridades, além do ex-jogador Pelé, embaixador para a Copa do Mundo 2014, acompanharam a solenidade de apresentação do projeto de revitalização do Porto Valongo.
Inserido na faixa portuária de Santos e com a criação do ‘Instituto Oceanográfico da USP e Unifesp’, além de um novo terminal de cruzeiros marítimos, o complexo é um dos principais projetos da revitalização para a cidade, tanto no atendimento ao setor marítimo como no desenvolvimento turístico. O prefeito da cidade, João Paulo Papa, pediu apoio ao ministro do Turismo para a inclusão do projeto no PAC da Copa.
No local também estão previstos em sua área cultural, os museus Pelé, Ferroviário e dos Portos, além de restaurantes, lojas, escritórios e equipamentos de lazer. ‘A ideia é transformar a região portuária de Santos num pólo turístico, à semelhança dos projetos executados nas cidades de Los Angeles (EUA), Buenos Aires (ARG), Barcelona (ESP) e Gênova (ITA)’, destacou o prefeito santista.
O prefeito garantiu que o Museu Pelé, no Casarão do Valongo, será inaugurado ainda neste ano.
Pelé falou da alegria de participar da cerimônia e a expectativa de ver a área revitalizada. “Assim como Deus me deu a alegria de participar da conquista das Copas, em 1958, 1962 e 1970, quero ter a alegria de ver o projeto de revitalização do Porto de Santos concluído”.
A secretária municipal de Turismo, Wânia Seixas, mostrou-se bastante otimista da inclusão de Santos no roteito turístico da Copa, depois de apresentar um projeto geral aos representantes do governo federal.
Todos estes eventos serviram também para reforçar as solicitações de Santos e da baixa no sentido de obter vaga para hospedar uma das seleções classificadas para a Copa .
O ministro Aldo Rebelo, afirmou que as possibilidades de Santos e Guarujá serem subsedes são grandes. “É uma escolha de cada seleção, mas eu creio que há chances. Santos e Guarujá possuem todas as credenciais e requisitos como hotéis, fácil acesso e área para treinamento”, afirmou.
Já o secretário estadual de turismo, Márcio França, que também acompanhou as solenidades, considera que os dois municípios da Baixada Santista devem hospedar uma das seleções. “Algumas federações já estiveram analisando as duas cidades e realizaram visitas técnicas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *