Recorde: MTur espera fechar 2011 com 79 mi de desembarques domésticos

[Por Mercado e Eventos, 21/12/2011]
O ano de 2011 ainda não chegou ao fim e o turismo já acumula recordes com os resultados dos desembarques nacionais e internacionais divulgados nesta quarta (21/12), pelo Ministério do Turismo. Nos voos domésticos, o acumulado de janeiro a novembro é de 72 milhões de desembarques. Nos internacionais, chegam a 8,26 milhões. São os melhores resultados de todos os tempos. Os dados de desembarques domésticos e internacionais são apurados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).
“As movimentações nacional e internacional confirmam nossa expectativa de que teremos o melhor ano do turismo brasileiro. Tanto no que se refere à circulação de pessoas pelo País, quando pelo incremento de divisas por meio do turismo”, comemora o ministro do Turismo, Gastão Vieira.
Nos voos domésticos, o acumulado supera em 16,6% os 61,7 milhões registrados no mesmo período de 2010 – um recorde desde o início da série, em 2000. Pela projeção do MTur, 2011 fechará com aproximadamente 79 milhões de desembarques domésticos, contra 68,2 milhões do ano passado. Enquanto nos voos internacionais, a movimentação de janeiro a novembro foi de 8,26 milhões. No mesmo período de 2010, foram 7,2 milhões de chegadas. As projeções do MTur indicam que o total no fim de 2011 alcançará os 9 milhões de desembarques internacionais contra os 7,9 milhões do último ano.
Nos desembarques nacionais os passageiros de voos regulares somaram 6,4 milhões em novembro totalizando 70 milhões em todo o ano, contra 59,6 milhões nos 11 primeiros meses de 2010. Já os voos não regulares (fretamentos) atingiram até novembro um volume de 1,9 milhões, sendo que apenas no mês passado foram 157.864 passageiros. Em 2010 o volume de passageiros de voos domésticos procedentes de voos charteres foi superior chegando a 2,1 milhões..
Nos desembarques internacionais os passageiros de voos regulares somaram 717.024 em novembro, totalizando 8 milhões em todo o ano, contra 6,9 milhões nos 11 primeiros meses de 2010. Já os voos não regulares (fretamentos) internacionais atingiram até novembro um volume de 244.685 passageiros, sendo que apenas no mês de novembro foram 11.144 passageiros. Em 2010 o volume de passageiros de voos internacionais de charteres até novembro foi de 243.899.
Para o diretor de Estudos e Pesquisas do MTur, José Francisco Salles, os números são promissores e revelam que a tendência de crescimento se mantem. “Estamos caminhando para um recorde tanto nos desembarques domésticos como internacionais e isso é resultado do bom momento que o turismo e a economia do país atravessam”, reconhece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *