Legado dos megaeventos em Barcelona, Vancouver e África do Sul

[Por Jeanine Pires, 11/12/2011]
A experiência de outros países na realização dos megaeventos esportivos é uma oportunidade para acompanhar as grandes mudanças ocorridas no turismo. Copa do Mundo e Jogos Olímpicos são eventos bastante diferentes, que trazem oportunidades diferentes e ao mesmo tempo grandes benefícios para o setor de viagens.
Impossível trazer todas as informações, para isso é necessário ler e estudar os diversos estudos existentes sobre essas experiências. Uma visão panorâmica sobre Barcelona, Vancouver e África do Sul trazem alguns temas para reflexão do Brasil.
Vale ressaltar que estaremos realizando os dois eventos num curto espaço de tempo, portanto, nossos desafios e nossas oportunidades são igualmente potencializadas.
Qual é o legado para o turismo afinal ?
Barcelona: o grande legado é a re-urbanização da cidade e a completa mudança de percepção como destino turístico. Depois muitos anos, é visível a conquista do turismo espanhol adquirido com as transformações iniciadas com os Jogos Olímpicos.
Vancouver: o legado para o turismo é visível com a grande projeção de mídia que ocorreu a mais de uma ano. O aumento do número de visitantes, um maior conhecimento dos produtos e destinos turísticos e o orgulho de ser canadense, grande acontecimento para a população. Vale lembrar que o novo centro de convenções construído para a abrigar a imprensa nos Jogos de Inverno de 2010 é hoje um equipamento que mantém fluxos de visitantes e que passa por um trabalho permanente de promoção e captação de eventos.
África do Sul: a realidade mais perto da nossa. O legado, ainda em construção, está em novos equipamentos turísticos, infra-estrutura, e imagem do País. Vencer o desafio de realizar o evento, mostrar para o mundo a diversidade cultural e o turismo. Apenas se começa a colher os resultados pós-evento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *