Embratur tem plano de incentivo ao turismo ferroviário

[Por Panrotas, 21/12/2011]
O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) está finalizando um estudo que, se acatado pelo governo federal, resultará em projetos de infraestrutura para baratear e ampliar o turismo no País. A ideia é criar uma série de benefícios para estimular empreendimentos que aproveitem as ferrovias para transporte de turistas.
A proposta será apresentada ainda no primeiro semestre do ano que vem. “O desafio será aproveitar a integração física com a América do Sul e associá-la ao turismo. Queremos colocar gente nos trens para que, com a integração física, venha também o turismo. Claro que isso envolve políticas de facilitação nas áreas fiscais, de aduana e nos postos de fronteira”, disse à Agência Brasil o presidente da Embratur, Flávio Dino.
Entre as medidas estudadas estão o estímulo a indústrias que produzem ou adaptam vagões para o transporte de passageiros. “Onde houver transporte de carga, queremos passageiros. Por isso, será necessário estimularmos as empresas dispostas a atuar com vagões para turistas. Com mais modais, teremos preços mais baixos e mais estímulo ao turismo. Trata-se da recuperação de uma tendência abandonada, porém bem sucedida em diversos países”, argumentou.
Flávio Dino lembra que 46% dos turistas estrangeiros que visitaram o Brasil têm, como origem, países sul-americanos. “Para termos 10 milhões de turistas em 2020 [meta da Embratur], teremos de receber seis milhões de turistas sul-americanos. Por esse motivo, teremos de manter nosso foco, principalmente, nas obras de infraestrutura que objetivam a integração da América do Sul”.

1 thought on “Embratur tem plano de incentivo ao turismo ferroviário”

  1. Sou apaixonado com trem.
    Tenho o projeto.
    Já fiz de tudo para torna-lo realidade. Tenho consciência dos benefìcios que o turismo ferroviário vai proporcionar em todos segmentos sociais de nossas cidades.
    Fiz um projeto de abrangêcia e integaração interestadual e venho lutando para aprova-lo.
    O projeto já foi muito bem acolhido pelas secretarias de turismo de Minas e do Espírito Santo.
    Está registrado no INPI e pronto para ser implantado. Trilhas de Ferro.
    Se a ABEOC puder nos ajudar, tenho certeza que seremos grandes colaboradores e parceiros para o desenvolvimento do turismo ferroviário nacional.
    Parabéns pelas ações que vocês vêm incrementando na defesa do turismo ferroviário.
    A notícia é boa e renova nossas forças e esperanças de realizar nosso sonho.
    Atenciosamente,
    Wagner Diló Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *