Embratur promove Brasil em seminário da FIFA

[Por Brasil Network, 18/11/2011]
Com o objetivo de estimular o turismo de incentivo nos períodos pré e pós Copa do Mundo FIFA 2014, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) apresentou os destinos brasileiros para os participantes do seminário Guest Services, realizado pela FIFA. O encontro reuniu as principais empresas, nacionais e internacionais, patrocinadoras da Copa, entre os dias 15 e 17 de novembro, em Porto Alegre (RS).
A Embratur mostrou para os representantes das empresas as opções de destinos que o país oferece, focando o turismo de incentivo, que se caracteriza quando empresas concedem viagens a seus funcionários como prêmio pelo reconhecimento de um trabalho realizado ou para estimular as equipes internas.
A gerente de Mercados Internacionais – Europa e Novos Mercados da Embratur, Fernanda Hümmel, explicou que as empresas presentes no encontro promovem viagens com este formato por ocasião do evento esportivo. Para ela, a participação do Instituto foi de fundamental importância para promover o Brasil para um público altamente diversificado e qualificado. “Mostrar a diversidade cultural e natural do país, abrindo o leque de produtos foi nosso objetivo durante este workshop. O retorno por parte dos participantes foi satisfatório, gerando questionamentos e manifestações quando falamos de novos destinos como Pantanal, Lençóis Maranhenses e Ouro Preto”, disse Hümmel.
Para atrair turistas
A meta da Embratur é atrair 7,2 milhões de turistas estrangeiros em 2014 – dos quais 600 mil virão exclusivamente para ver os jogos. Para potencializar a movimentação desses turistas, fazendo com que eles permaneçam mais tempo viajando, O Instituto e o Ministério do Turismo estão preparando, com a participação da iniciativa privada, a criação de roteiros integrados das 12 cidades-sede dos jogos da Copa do Mundo FIFA de 2014 para empresas do setor de turismo.
A ideia é oferecer aos torcedores rotas diferenciadas, de curta duração, que reúnam a diversidade dos atrativos turísticos brasileiros e que possam ser percorridas em pouco tempo por estradas ou em vôos curtos. O objetivo da medida é facilitar a visitação de regiões próximas das cidades-sede, alavancando o mercado de turismo nos arredores dos grandes pólos receptivos da Copa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *