Embratur leva ritmos brasileiros à Europa

[Por Brasil Network, 23/11/2011]
Nos próximos meses, a Embratur divulgará a cultura das 12 cidades-sede da Copa do Mundo FIFA de 2014, no mercado internacional. O projeto “Ritmos Brasileiros”, que começa nesta quarta-feira (23/11), em Paris, na França, mostrará aos europeus alguns ritmos tradicionais da música brasileira. O projeto será itinerante e além de Paris, passará por mais duas cidades européias, Milão (Itália), no próximo sábado (26) e Berlim (Alemanha), no dia 01 de dezembro.
Serão ministradas oficinas musicais com o objetivo de despertar o interesse pelos instrumentos, ritmos e cultura brasileira. Os participantes receberão instrumentos musicais-brinde estilizados com a Marca Brasil e conhecerão um pouco dos ritmos regionais e de suas respectivas cidades de origem.
De acordo com Flávio Dino, presidente da Embratur, o objetivo desta proposta é aproveitar o poder de convocação da música brasileira para implementar uma ação de promoção do destino Brasil e das doze cidades sede da Copa de 2014. “A música é um dos mais importantes patrimônios culturais do Brasil. Ela é uma amostra do jeito de ser do povo brasileiro, que é apontado pelos turistas estrangeiros como o melhor do País”, diz ele.
Após a oficina, todos os presentes serão convidados a participar de um show, tocando o instrumento que receberam como brinde. O show será composto por 12 músicas, onde cada música será relacionada a uma cidade-sede. Um animador fluente na língua local será responsável por contar um pouco da história do ritmo e da cidade. Simultaneamente, imagens das cidades serão apresentadas em um telão localizado no fundo do palco. As oficinas e concertos acontecerão em locais fechados, com entrada gratuita e tradição em eventos culturais internacionais. Cada evento contará com a participação de aproximadamente 600 pessoas.
Clássicos nacionais
O repertório para ser interpretado na Europa foi escolhido a dedo. São músicas que representam o Brasil, muitas delas já internacionalmente conhecidas. Entre as selecionadas estão Garota de Ipanema, Wave (Tom Jobim), Aquarela do Brasil (Ary Barrosos), Mas que nada (Jorge Ben) e Tico-tico no fubá (Zequinha de Abreu) entre outras.