Cidade que mais recebe turistas

[Por O Dia Online, 25/10/2011]
São Paulo por pouco não ficou fora da Copa do Mundo de 2014. Foi a última cidade a ser confirmada pela Fifa por causa da indefinição do estádio indicado para receber os jogos. Mas deu a volta por cima em grande estilo. O ‘Itaquerão’ — a ser administrado pelo Corinthias, deverá custar cerca de R$ 700 milhões e terá capacidade para 65 mil torcedores — foi confirmado como o palco da abertura. O jogo tão esperado já tem até data para acontecer no novo estádio paulista: 12 de junho de 2014.
Impulsionado pelo turismo de negócios, São Paulo foi a cidade brasileira mais visitada por estrangeiros no ano passado. Segundo o Ministério do Turismo, a capital paulista recebeu 22,5% dos visitantes que chegaram ao país, seguida pelo Rio de Janeiro (20,1%) e Santa Catarina (13,2%). A maior metrópole nacional normalmente não encanta de cara os turistas. Com ritmo frenético, pessoas que parecem estar sempre aspressadas e um trânsito para lá de complicado, São Paulo não tem as belezas naturais de outras cidades brasileiras, ou um estilo charmoso e acolhedor, mas tem suas qualidades. E pode te conquistar de várias formas.
Pela gastronomia de primeiro mundo, principalmente no reduto de bares e restaurantes da Vila Madalena. Pela rica e variada agenda cultural e musical. Pelas várias opções de exposições e obras de arte. Por ser um paraíso de compras — indo da popular Rua 25 de Março aos glamurosos shoppings — e gerar tendências, estilos e costumes. Ou pela noite agitada e que parece não ter fim todos os dias da semana!
O leque de opções aos turistas ainda conta com o Parque Ibirapuera, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) e o Teatro Municipal. E no clima da Copa, o Museu do Futebol é um programa obrigatório. Instalado no Estádio do Pacaembu, tem um acervo cheio de surpresas para quem ama o esporte. De artigos históricos a atrações interativas, o museu logo virou uma das atrações mais valorizadas da cidade. Destaque para a área dedicada a Pelé e Garrincha.
PROJETO ÁGUIA VERDE – A Secretaria de Meio Ambiente de Osasco (SP) implantou em 2008 um projeto para a coleta de óleo de cozinha usado, diminuindo, assim, o impacto na natureza. Desde então, foram recolhidos 135 mil litros de óleo. No total, existem 896 postos de coleta espalhados pela cidade. O projeto inclui, ainda, palestras e gincanas em escolas, que visam ampliar a educação ambiental dos jovens da região.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *