Agentes são principal canal de vendas dos resorts brasileiros

[Por Mercado e Eventos, 18/10/2011]
A Resorts Brasil realizou uma pesquisa inédita em parceria com a Guest & Associados para traçar o perfil e os hábitos do hóspede de resorts no Brasil. A pesquisa foi realizada com 1.041 clientes de 14 resorts brasileiros, sendo 400 entrevistas na baixa temporada e 641 na alta temporada, e seus resultados foram apresentados nesta terça-feira (18/10), durante a I Convenção Resorts Brasil, no Rio de Janeiro.
Rubens Régis, presidente da entidade destaca que o estudo serviu para revelar em detalhes o perfil do cliente dos resorts e destaca alguns pontos. “Antes acreditávamos que a escolha do cliente se baseava principalmente na indicação de amigos, mas com a pesquisa verificamos que a internet é a maior fonte de consulta. Por outro lado, constatamos que as agências de viagem têm papel fundamental na hora da compra, sendo responsável por 56% da reservas dos resorts”, declara acrescentando que nos próximos anos a entidade irá trabalhar fortemente na capacitação dos agentes de viagem. Os outros canais de venda mais utilizados são contato direto com o hotel (33%) e online (11%).
Se antes, os cruzeiros eram um dos principais rivais dos resorts, seu posto foi tomado pelas viagens internacionais, especialmente para Europa e Estados Unidos. Enquanto 53% dos entrevistados responderam que trocariam sua estadia num resort por uma viagem internacional, apenas 21% optou por fazer um cruzeiro.
O estudo apontou que a maioria dos hóspedes vêm de São Paulo (49%) e possuem renda mensal entre R$ 2,5 mil a R$ 5 mil. O Nordeste se manteve como o destino preferido dos que se hospedam em resorts (36%), seguido do Sudeste (26%). Entre os motivos que levam a escolha por um resort a proximidade da praia está em primeiro lugar (14%), seguida das opções de recreação infantil (12%). A pesquisa também revelou que infraestrutura e gastronomia foram apontados como os principais fatores a serem melhorados nos resorts (20% cada).
Convenção – Está foi a primeira vez que a Resorts Brasil reuniu representantes de seus 42 resorts associados para um evento deste porte. “Esta convenção atesta a maturidade alcançada pela Resorts Brasil ao longo de seus dez anos. Chegou o momento de representarmos uma classe e não apenas interesses comerciais”, defendeu Rubens Régis, destacando que nos próximos dois anos uma das prioridades da instituição será a capacitação dos agentes de viagem. “Por muito tempo deixamos a capacitação dos agentes de lado, o que foi uma falha nossa. O mercado está cheio de novos profissionais que querem conhecer as particularidades dos resorts e nós vamos atender essa demanda”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *