Turismo de eventos estimula o intercâmbio de estágios

[Por ODiário, 04/09/2011]
Dentre as áreas que mais requisitam o trabalho de estagiários estrangeiros estão: engenharia, negócios internacionais, tecnologia da informação e marketing. Porém, um outro setor que começa a analisar com atenção o estágio internacional é o turismo.
A candidatura para ser subssede da Copa do Mundo de 2014 e a vocação para o turismo de eventos estimulam as empresas de Maringá, ligadas principalmente à gastronomia e hotelaria, a investir em estagiários vindos de várias partes do mundo.
Para o presidente do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau (MRCVB), Fernando Rezende, qualificar colaboradores, seja preparando-os no exterior, seja recebendo-os para que compartilhem experiências com os profissionais de Maringá, é garantir que os turistas encontrem serviços de qualidade e retornem em outras oportunidades.
“Quem vem do exterior e se hospeda na cidade deseja encontrar pessoas que falem sua língua e compreendam basicamente a sua cultura. O mesmo ocorre no ramo de restaurantes, por exemplo, que além de agradar estrangeiros, podem atrair o público local com pratos diferenciados e elaborados por estagiários de outros países”, diz.
Jonas Demóstene é proprietário de um hotel em Maringá e explica que o intercâmbio de informações sempre foi uma experiência notável, especialmente quando se trata de conhecer o idioma, costumes, gastronomia, tradições e incrementar as relações comerciais, especialmente, através do turismo, seja ele comercial ou de lazer.
“Sendo assim, o incentivo a estágio no exterior deixa de ser uma questão de melhorar a prestação de serviços para entrar no rol da necessidade básica”, define.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *