Palestra sobre turismo de negócios atrai empresários em MT

[Por Sebrae, 29/09/2011]
Aproximadamente 66% da ocupação hoteleira de São Paulo se deve ao turismo de negócios e eventos, atividade crescente também em outras cidades brasileiras. A informação foi dada pelo professor Eduardo Sanovicz, do Curso de Turismo da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP) durante a palestra Turismo de Eventos, na manhã desta quinta-feira (29). O encontro foi organizado pelo Sebrae como parte da programação da Quinzena do Turismo.
Sanovicz, que também atua como consultor-sênior em programas na área de marketing e turismo, enfatiza que, há cerca de 50 anos, 60% do turismo era exclusivamente de lazer. Hoje, perde espaço para o turismo de eventos. “Embora muito tradicional, o turismo de lazer é cada vez menos majoritário”.
Para o professor, nos próximos quatro ou cinco anos, o setor tem grandes perspectivas de crescimento, considerando grandes eventos esportivos com sede no Brasil – Copa do Mundo de Futebol de 2014 e Olimpíadas de 2016. Segundo ele, há um movimento de descentralização do turismo brasileiro e Cuiabá será favorecida. “Se houver uma boa organização, todo o entorno vai se beneficiar. Os destinos em que os agentes econômicos tiverem produtos consistentes saem na frente”.
Eduardo Sanovikz está percorrendo o país divulgando uma coleção de livros de turismo voltada para profissionais da área, estudantes e empreendedores. Sete volumes, de um total de 11, já foram lançados: Turismo de Aventura, Eventos, Turismo Contemporâneo, Administração de Pequenos Negócios de Hospitalidade, Cidades, Empreendedorismo e Meio Ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *