Orlando Silva cobra agilidade em obras para a Copa de 2014

[Por Terra notícias, 16/09/2011]
Ministro dos Esportes, Orlando Silva cobrou mais agilidade nas obras dos estádios e infraestrutura para a Copa do Mundo de 2014, durante a cerimônia que acionou o relógio para a contagem regressiva de 1000 dias para a abertura do evento, nesta sexta-feira, em Belo Horizonte. O político, porém, disse também que está otimista com a realização do Mundial no País.
“Eu sou otimista, creio que o Brasil precisa andar mais rápido, acelerar os investimentos. Mas eu convivo diariamente com as cidades, conheço os detalhes e é com essas informações que me dão segurança de que teremos um grande mundial”, disse.
O evento foi realizado no Palácio da Liberdade, antiga sede do governo de Minas Gerais. A cerimônia contou com a apresentação de um grupo musical “Tambores de Minas”, show de fogos de artifício e a presença das equipes de categoria de base de Atlético-MG, Cruzeiro e América-MG.
O presidente do Comitê de Organização Local da Copa do Mundo do Brasil, Ricardo Teixeira, o senador Aécio Neves, o governador mineiro Antônio Anastasia, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, Orlando Silva e o vice-governador Alberto Pinto Coelho participaram da cerimônia e acionaram juntos o relógio que faz a contagem regressiva.
Após o evento, o prefeito Marcio Lacerda e o governador Antônio Anastasia fizeram um pronunciamento e agradeceram o apoio de Orlando Silva e da presidente Dilma Roussef. A chefe de Estado visitou as obras do Mineirão na manhã desta sexta.
De acordo com o ministro, a visita da presidente foi importante para Belo Horizonte, que pleiteia sediar a abertura da Copa do Mundo. “Quanto mais cedo for escolhida a abertura melhor para as cidades se prepararem. Belo Horizonte tem muita tradição no futebol e as obras de mobilidade estão adiantadas”, disse.
Durante a madrugada o relógio será levado à Praça da Liberdade, onde ficará exposto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *