MTur tenta ressarcir R$ 80 milhões gastos sem comprovação

[Por Hôtelier News, 21/09/2011]
Poucos dias após assumir o cargo de ministro do Turismo, Gastão Vieira (PMDB-MA) afirmou à imprensa já ter noção das dificuldades que deverá encontrar à frente do MTur (Ministério do Turismo). Um dos motivos desta constatação seria o rombo de R$ 80 milhões deixado pela administração do também peemedebista maranhense Pedro Novais.
Segundo o site Congresso em Foco, o valor se deve a cerca de 500 convênios irregulares firmados pela pasta entre 2003 e 2009, para a realização de eventos populares. A verba teria sido repassada a prefeituras, órgãos estaduais e entidades do terceiro setor que não prestaram contas.
Hoje o governo tenta recuperar R$ 52 milhões de 300 convênios firmados por essas entidades com o Turismo. Outros R$ 20 milhões são cobrados de 145 prefeituras. Mais de R$ 5 milhões são reivindicados de órgãos estaduais. As instituições e órgãos públicos envolvidos estão proibidos de receber novos recursos da pasta enquanto não regularizarem a situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *