Entidades recomendam perfil técnico para equipe do novo ministro do turismo

As 13 entidades de representatividade nacional que compõem o Fórum Permanente de Entidades do Setor de Eventos estão entregando em mãos para o Ministro do Turismo, Gastão Vieira, em sua solenidade de posse, na tarde desta sexta-feira (16/09), em Brasília, uma carta solicitando que “a nova equipe do MTur venha a ser composta por um quadro de funcionários de perfil técnico e com amplo conhecimento do setor, garantindo uma maior efetividade nas ações do Ministério para as políticas do turismo”. Veja abaixo a íntegra do documento:

CARTA AO MINISTRO DO TURISMO
Excelentíssimo Senhor Gastão Dias Vieira,
A importância da indústria do turismo no desenvolvimento econômico do Brasil, reflexo da efetiva participação no PIB e do elevado número de trabalhadores empregados no setor, em razão, até mesmo, da enorme pluralidade de setores que esta atividade econômica abarca, é indiscutível. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o setor é responsável por 3,62% do PIB brasileiro. O valor de produção das atividades características do turismo atingiu R$ 149,64 bilhões, o que representou 7,1% do total da produção do setor de serviços. Desta forma, o turismo ocupa a quarta colocação na pauta de exportações brasileira e destaca-se como primeiro item no setor de serviços da balança comercial brasileira. Além de ser um setor estratégico na geração de emprego, renda e investimentos, podendo ser um grande instrumento de políticas públicas para o desenvolvimento sócio-econômico do país.
Outrossim, o Ministério do Turismo é considerado uma grande conquista do setor, que está sempre atento às demandas do mesmo, auxiliando e balizando políticas públicas que incentivem e beneficiem o desenvolvimento do turismo. É notório que a nomeação do novo Ministro inicia uma etapa de superação da crise que abala o turismo brasileiro. Neste sentido, solicitamos considerar que a nova equipe do MTur venha a ser composta por um quadro de funcionários de perfil técnico e com amplo conhecimento do setor, garantindo uma maior efetividade nas ações do Ministério para as políticas do turismo, focadas em critérios éticos, de forma a corroborar o sucesso da Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 , que serão oportunidades peculiares para o reconhecimento do Brasil como destino turismo mundial e para o crescimento sócio-econômico do Brasil.
Ademais, colocamo-nos a disposição para quaisquer informações que possam vir contribuir para o bom desenvolvimento do turismo em nosso país.

Assina a carta o Fórum Permanente de Entidades do Setor de Eventos, composto pela ABEOC e outros 12 instituições nacionais do setor.
[Assessoria de Comunicação ABEOC / Portal Fator Brasil, 17/09/2011]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *