"A Copa 2014 vai ser do Rio pela incompetência de SP", diz dono da Traffic

[Por Exame.com, 16/09/2011]
Há exatos mil dias para a Copa do Mundo de 2014, a nota que o empresário J. Hawilla dá para a preparação do país é seis. Segundo ele, que é dono da Traffic, império empresarial do setor esportivo, São Paulo merece avaliação ainda pior.
“A Copa do Mundo é do Rio de Janeiro. A cidade roubou o evento, e São Paulo vai ficar quietinho por causa da inércia, da ineficiência, do desinteresse de seu prefeito e seu governador”, afirmou o empresário. Hawilla participou de debate sobre a preparação do país para Copa e Olimpíadas promovido pela Editora Abril.
Segundo o empresário, o Rio de Janeiro tem mais “vocação” para receber eventos esportivos de grande porte. Suas apostas para os Jogos Olímpicos de 2016 são das mais otimistas. Ele acredita que a cidade também vai roubar a cena no Mundial. O Rio vai sediar a final da Copa e a cerimônia de encerramento, que serão realizadas no Maracanã.
“As autoridades em São Paulo se calaram. Aplaudiram quando a Fifa escolheu o Rio para sediar o centro de imprensa internacional. Ele vai atrair 20 mil jornalistas do mundo todo, com suas equipes, sua técnica, sua experiência. Os dirigentes da Copa ficarão no Rio. Os ex-atletas, que trazem tanto brilho ao evento, ficarão no Rio. E são Paulo se contenta, passivamente. É lamentável.”
A participação mais relevante de São Paulo no mundial ainda é incerta. A cidade é forte candidata à abertura do evento, no estádio do Corinthians, ainda em construção. Nada, porém foi definido. Brasília e Minas Gerais manifestaram o desejo de disputar pelo direito de sediar a abertura.
Na opinião de Hawilla, São Paulo deveria ser mais ativo, e não apenas com relação à Copa. “Acho que até nas Olimpíadas São Paulo tinha que brigar para pegar uma ou outra modalidade, principalmente o futebol. Mas não vejo nenhuma movimentação, nada”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *