MTur e TCU debatem a realização de megaeventos

[Por MTur, 18/08/2011]
Infraestrutura turística, megaeventos esportivos e promoção da imagem do Brasil no exterior. Durante evento, promovido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), nesta quarta-feira (17), em Brasília, sobre a preparação do país para a Copa do Mundo Fifa 2014, a secretária Nacional de Políticas de Turismo, Bel Mesquita, falou sobre as ações do Ministério do Turismo (MTur), tendo em vista o mundial.
“Esse é um evento que tem data marcada e precisamos estar preparados. Nós não queremos ser só hexacampeões. Nós queremos mostrar mais, queremos mostrar que somos capazes de pensar e implementar ações conjuntas para que o país possa receber todos os turistas e estar preparado para todos os brasileiros”, ressaltou Mesquita.
A secretária destacou, ainda, a oportunidade de exposição da imagem no país lá fora. “Queremos posicionar o destino Brasil como país de natureza diversa, cultura rica, profissional, moderno, competente, democrático e com economia estável”, disse.
O ministro do TCU José Múcio falou sobre a necessidade de “criar uma boa infraestrutura que sirva para todos, um transporte público para quem tem carro ou não”. Segundo Múcio, a Copa durará 20 dias, mas os benefícios serão para sempre. “Com Copa ou sem Copa, sabemos que os problemas existem. Se tudo o que está planejado, acontecer, a sociedade é quem sairá ganhando”, finalizou.
Na ocasião, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro, Carlos Nuzman, apresentou o projeto do Rio de Janeiro para os Jogos Olímpicos de 2016. “Nosso compromisso é com a promessa nacional de progresso estampada na bandeira brasileira. Esse é o maior megaevento do planeta, não há nada parecido”, enfatizou.
Segundo Nuzman, para realização dos Jogos Olímpicos, serão aproveitadas 47% das instalações dos Jogos Pan-Americanos, realizados na cidade do Rio de Janeiro, em 2007. As novas instalações representam 28% e as temporárias 25%.
O evento contou com a presença de ministros do TCU, autoridades federais e deputados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *