Mercado de eventos foi discutido em projeto da ABEOC-SP

[Por BRASILTURIS JORNAL,  10/08/2011]
Pelo menos cinco mil novos leitos precisam ser disponibilizados para evitar um colapso na hotelaria da cidade de São Paulo. Esse e outros assuntos relativos ao mercado paulista de eventos serão discutidos durante a 4ª Reunião do Comitê de Gestão da Cadeia Produtiva em Eventos – projeto de iniciativa da Abeoc-São Paulo, que aconteceu no dia 9, na sede do São Paulo Convention & Visitors Bureau.
O comitê, criado pela Associação brasileira de Eventos de São Paulo (Abeoc-SP), já em sua 4ª reunião buscou elaborar propostas e documentos para melhorar todos os setores envolvidos na realização dos eventos recebidos em São Paulo. E está em pauta, ações para desenvolver todos os setores do mercado como, logística, transporte, hotelaria, montagem, entre outros.
Segundo o coordenador do Comitê, Abraham Gurvitch, com relação à hotelaria, as relações entre a hotelaria e os promotores e organizadores de eventos precisam de harmonia. Gurvitch também reforçou a necessidade da união entre os setores público e privado. “Uma das opções seria o incentivo fiscal, nos mesmos moldes do estádio de futebol a ser construído na capital, para a construção de mais hotéis”, complementou o coordenador.
Além dos associados e parceiros, a Abeoc–SP convidou as empresas do setor de eventos a participar dessa reunião, visando o fortalecimento da cadeia produtiva com a avaliação e proposição de soluções para os assuntos que envolvem o mercado como um todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *