Embratur cancela licitação e EBTs só reabrem em 2012

[Por Mercado e Eventos, 24/08/2011]
O presidente da Embratur, Flávio Dino, acaba de anunciar, durante reunião na CNC, que a licitação que escolheria a empresa para assumir os Escritórios Brasileiros de Turismo (EBTs) no exterior, foi cancelada por suspeita de fraude. A decisão já foi publicada hoje no Diário Oficial.
“Tomei esta decisão porque havia apenas duas empresas inscritas e uma delas desistiu. Achei estranho e temendo fraudes, optei em anular isso e iniciar uma nova licitação em três ou quatro meses”, explicou. O dirigente afirmou que o processo licitatório já tinha sido iniciado na gestao anterior e a empresa vencedora ficaria responsável pela coordenaçao dos EBTs por cinco anos.
Em relação ao impacto que a medida terá nas feiras internacionais o dirigente admitiu que a Embratur contará com o apoio das embaixadas do Brasil no exterior. Ele confirmiou também que a Federação Brasileira de Conventions & Visitors Bureau não será mais responsável pela coordenação dos cooperados nas feiras que a Embratur participa. “Eles perderam o prazo e agora a própria Embratur vai fazer uma reavalização analisando os resultados obtidos nas últimas feiras. Para isso já convoquei a Brasilia uma reuniao com alguns parceiros mais atuantes para discutirmos a questao”, afirmou.
O presidente da Embratur anunciou ainda que na proxima semana estará convocando universidades de Turismo e outras entidades para o lançamento oficial do Observatório de Turismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *