Papa confirma o Rio, sede da Jornada Mundial da JUVENTUDE em 2013

[Por BRASILTURIS, 21/08/2011]
Mais um grande evento internacional para o Rio de Janeiro e o Brasil.O papa Bento XVI confirmou, na manhã do domingo (21), em Madri, que o Rio de Janeiro será a sede da próxima Jornada Mundial da Juventude (JMJ), em 2013, a de número XXVII. O evento foi antecipado em um ano para não coincidir com a realização da Copa do Mundo, no ano seguinte. O governador Sérgio Cabral e o prefeito Eduardo Paes acompanharam a missa celebrada pelo papa, onde foi feito o anúncio.
O governador carioca já declarou que pretende transformar a Jornada Mundial da Juventude em um encontro ecumênico. “Como o nosso Cristo Redentor, estaremos de braços abertos, esperando essa multidão de jovens de todo o mundo em busca de paz, harmonia e solidariedade”, disse Cabral.
Ainda em 2013, a cidade-maravilhosa será uma das sedes da Copa das Confederações, evento preparatório para o Mundial de 2014, que também será disputada no Rio. Em 2016 é a vez dos Jogos Olímpicos que, pela primeira vez, serão disputados em um país da América do Sul.
O Rio será a segunda cidade latinoamericana a receber o evento, a outra foi Buenos Aires, com a primeira Jornada, em 1987. Cerca de 20 milhões de jovens acompanharam os encontros que, além do Vaticano, aconteceram na capital argentina, em Santiago de Compostela (España), na cidade de Czestochowa (Polonia), em Denver (Estados Unidos), Manila (Filipinas), París (França), Roma (Italia), Toronto (Canadá), Colonia (Alemanha) e Sydney (Austrália.
O Sumo Pontífice anunciou o Rio depois de rezar o ‘Angelus’, na solenidade que reuniu mais de 1 milhão de peregrinos no aeródromo madrilhenho de Quatro Vientes. A missa celebrada completou uma intensa série de atos religiosos no decorrer destes dias, e que teve seu ponto alto neste final de semana. Em razão do forte calor, 2,753 pessoas foram atendidas entre o sábado e domingo.
As Jornadas Mundiais da Juventude nasceram em 1984, por iniciativa do Papa João Paulo II. A inicial foi em Roma, marcando as celebrações do Ano Santo da Redenção. Passou a ser permanente e cada encontro internacional tem como lembra uma frase bíblica e todas contam com um hino, inspirando os jovens a refletir sobre o Evangelho. A cada tres anos acontece um evento de caráter mundial, onde a celebração se estende por uma semana, com manifestações religiosas, culturais e festivas e se completa com uma Eucaristia comandada pelo Papa.
A próxima visita do Papa ao Brasil indica também a atenção do Vaticano com o país onde vivem mais pessoas que professam a fé católica no mundo. Segundo dados da Santa Sé, antes da visita anterior do Pontífice, em 2007, eram 155,63 milhões, 84,5% da população naquele ano. A Conferencia Nacional de Bispos (CNBB), apontava 67% em 2005, enquanto o IBGE, nos dados de 2000, colocava o número de católicos em 125 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *