ABEOC busca certificação para empresas de eventos

ABEOC está articulando com os parceiros no Programa Bem Receber Copa categoria turística de negócios e eventos a inclusão no Programa do projeto de certificação das empresas associadas à ABEOC em todo o Brasil, criando um selo de qualidade para as empresas de eventos.
O Programa Bem Receber Copa categoria turística de negócios e eventos prevê a capacitação de 25 mil profissionais, dos quais seis mil vinculados às entidades parceiras do MTur neste Programa: ABEOC, CBC&VB, ABRACCEF e AMPRO. Esta semana está prevista a liberação da primeira parcela do total de R$ 10,1 milhões do Ministério do Turismo para o Programa.
“A certificação das empresas de eventos significa uma oportunidade de trabalhar a gestão, revisar os processos e normativas da empresa em busca de qualidade em todos os aspectos da prestação do serviço”, comenta a presidente da ABEOC, Anita Pires.
“Este projeto vai profissionalizar e qualificar as empresas de eventos para este novo momento do mercado, com a realização dos megaeventos”, acrescenta a presidente da ABEOC.Segundo Anita Pires, “um produtor que vem de fora e recebe a informação que uma empresa é certificada e tem o selo de qualidade ele pode contratar com tranquilidade”.
Em Santa Catarina, onde a ABEOC estadual desenvolveu projeto semelhante há três anos, houve um crescimento da profissionalização das empresas do setor. No Ceará, outra iniciativa semelhante —  o Selo de Qualidade em Serviços, coordenado pelo SEBRAE Ceará — tem a participação da ABEOC-CE no Comitê Gestor do Selo, voltado para meios de hospedagem, barracas de praia, restaurantes, bares e similares. Na edição 2011, a ABEOC-CE foi homenageada com a premiação de dedicação, compromisso e credibilidade durante os 15 anos de programa selo de qualidade.
O Bem Receber Copa Negócios e Eventos começa com atividades para detalhamento das ações e cronogramas, planejamento da comunicação e mobilização para captação de alunos. A ABEOC está levantando com as suas estaduais o calendário de eventos próprios e de parceiros onde podem ser realizados o lançamento oficial do Programa, que tem duração total de 18 meses e vai abranger prioritariamente as 12 cidades sedes da Copa do Mundo de 2014 e os 65 destinos indutores.
Estão programados 10 cursos através do ensino a distância, com material didático específico para os profissionais da área, carga horária mínima de 80 horas. O público-alvo abrange o pessoal de linha de frente, como cerimonialistas, recepcionistas, atendentes, motoristas, coordenador de eventos, especialistas em divulgação e promoção de eventos, fornecedores de marketing de eventos e empresários e profissionais autônomos.
Após a conclusão dos cursos, o Projeto prevê a realização de pesquisas de campo com profissionais, empresários e turistas a fim de aferir o impacto da qualificação e das estratégias e metodologias aplicadas, gerando indicadores de resultados.
O Programa Bem Receber Copa e a Indústria de Eventos
O Programa Bem Receber Copa vinculado ao segmento de negócios e eventos é uma parceria do Ministério do Turismo com a ABEOC (Associação Brasileira de Empresas de Eventos), CBCVB (Confederação Brasileira de Conventions & Visitors Bureau), ABRACCEF (Associação Brasileira de Centros de Convenções e Feiras ) e AMPRO (Associação de Marketing Promocional).
Atualmente, a indústria de eventos no Brasil é responsável por 727.624 empregos diretos e terceirizados e, conforme os padrões deste setor que considera três empregos indiretos para cada direto e terceirizado, pode-se afirmar que o setor de eventos no país gera 2.910.496 empregos.
Para atingir o salto de qualidade profissional e atender os mais de 870 mil visitantes estrangeiros esperados para a Copa do Mundo de 2014, é preciso ter foco no planejamento, criatividade e inteligência no segmento de eventos, atribuições altamente exigidas do profissional de eventos.
Com o slogan “O Sucesso do Brasil na Copa está em Nossas Mãos”, o Programa Bem Receber Copa abrange também outras áreas além de Negócios e Eventos, como os segmentos de Alimentação, Transporte, Receptivo, Hospedagem e Entretenimento. O programa está sendo implementado em parceria com entidades integrantes do Conselho Nacional de Turismo (CNT) e pretende qualificar ao todo 306 mil profissionais do turismo até 2013, com metodologia adotada pelo MTur, em cursos presenciais e a distância.

1 thought on “ABEOC busca certificação para empresas de eventos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *