ABEOC SC finaliza pesquisa inédita sobre turismo de eventos

Florianópolis, Joinville, Blumenau e Chapecó terão diagnóstico para turismo de eventos
[Por ND, 29/03/2012]
Em boa hora, a seção catarinense da Associação Brasileira de Empresas de Eventos finaliza inventário sobre as condições de Santa Catarina para receber o turista de eventos. Com informações sobre aeroportos, sistema de segurança pública, acessibilidade, hospitais e clínicas, rede hoteleira, sinalização e acessos e gastronomia. De acordo com o presidente da Abeoc-SC diretor da Attitude Promo, Marco Aurélio Floriani, a pesquisa está sendo feita com recursos do Funturismo nas cidades de Blumenau, Joinville, Chapecó e Florianópolis. E pode ser expandida para outras cidades. Os resultados serão apresentados em seminários nas cidades mapeadas, começando em maio por Blumenau e Chapecó, depois Joinville e Florianópolis.
Inédito
O estudo sobre o potencial para o turismo de eventos contratado pela Abeoc-SC com a ONG Araucária ligada à Univalli de Itajaí é inédito não só em Santa Catarina, mas no Brasil. “Cada evento tem um perfil diferente e, hoje, os organizadores são obrigados a sair para o mercado atrás de informações que não estão consolidadas em nenhum lugar”, indica Marco Aurélio Floriani.
Falta infraestrutura
Na Capital, estimativas do Florianópolis e Região Convention & Visitors Bureau dão conta de uma capacidade hoteleira instalada em torno de 22 mil leitos. Sem diagnóstico, contudo, sobre o padrão do hotel, ocupação regular, condições de deslocamento. Ainda que haja bons equipamentos como o CentroSul ou Costão do Santinho, comenta Floriani, não há capacidade hoje, por exemplo, de sediar um congresso de cardiologistas que reúne em torno de 10 mil médicos.
Florianópolis já é a quarta cidade no País em atração de eventos. Segundo a Embratur, atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Esse setor de turismo deve movimentar quase R$ 5 bilhões este ano no Brasil. O gigantismo dos números dá a medida da exigência. Por exemplo, um único evento internacional promovido pelo Instituto Federal de Santa Catarina, o 2° Fórum de Educação Profissional e Tecnológica, que ocorrerá entre 28 de maio e 1° de junho, deve trazer à Capital mais de 10 mil pessoas. Os organizadores, a dois meses do evento, receiam pela capacidade de hospedar tanta gente em distância confortável do CentroSul.
 

 

5 thoughts on “ABEOC SC finaliza pesquisa inédita sobre turismo de eventos”

    1. Marcela,
      A pesquisa ainda não foi finalizada, e logo que estiver disponível publicaremos aqui no site da ABEOC – abeoc.org.br.
      Cordialmente,
      Rogério

  1. Boa tarde Marco Aurélio, parabéns a você e equipe pelo trabalho que vem realizando na ABEOC-SC.
    Para o ano que vem com certreza estaremos melhor estruturadas e aí sim, voltamos a conversar sobre algumas estratégias para movimentar o turismo de eventos na região do meio oeste, que hoje ainda está muito amador.
    Abraço,
    Léia Macedo
    BriSe Eventos

  2. Boa noite,
    Sempre apoiando a iniciativa dos organizadores e empregadores em atrair eventos para Santa Catarina em especial a Florinópolis pela beleza que tem nesta Ilha maravilhosa, somente podemos lamentar que os profissionais em Turismo, Hotelaria, Restaurantes e Eventos prestam um exelente serviço e não são valorizados e tem os piores salarios, melhor afirmar que são esplorados, procuram afirmar que falta trabaladores qualificados, quero lembrar para encontrar pessoas qualificados devem pagar um salario melhor e explorar menos, certeza que em Florianópolis existe pessoas com formação em Turismo, Hotelaria, Gastronomia e Eventos, estas pessoas procuram outra area, motivo pela falta de reconhecimento.
    Um forte abraço,
    Anésio Schneider

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *